Academia WordPress

Ativando e gerenciando uma rede Multisite no WordPress

Neste guia eu vou mostrar  tudo o que você precisa saber para começar a trabalhar com a funcionalidade Multisite do WordPress e criar a sua própria rede de blogs, sites ou lojas virtuais.

Primeiro vamos entender dois termos que serão usados ao longo do guia que são as palavras: rede e site. Elas significam duas coisas diferentes:

  • Rede refere-se a toda a rede Multisite, ou seja, sua instalação do WordPress.
  • Site refere-se a um dos portais criados como parte da rede.

Então, quando me refiro ao seu site, eu não quero dizer toda a sua rede de sites, mas apenas um dos sites sobre ele. Cada rede terá um site principal, que é criado quando você instalar o WordPress e que provavelmente usará o domínio principal. Vou explicar com mais detalhes à medida que avançamos.

O que é Multisite?

O Codex define WordPress Multisite como:

[quote]Uma característica do WordPress 3.0 e versões posteriores que permite que vários sites virtuais compartilhem uma única instalação do WordPress[/quote]

Isso significa que com uma simples instalação do WordPress você poderá gerenciar diversos um inúmero incontável de sites. No momento em que esse guia foi publicado o WordPress.comprincipal site de hospedagem WordPress do mundohospeda cerca de 37 milhões de sites. Outro exemplo incrível é o portal Edublogs.org que hospeda mais de 3 milhões de portais educacionais construídos com o WordPress e dentro de uma arquitetura Multisite. A instalação padrão não permite que você tenha todas as funcionalidades necessárias para gerenciar redes como essa, porém existem plugins – que serão apresentados mais a frente – que permitem facilmente adicionar ferramentas de vendas, controle e manutenção de uma rede multisite.

Edublogs.org
Edublogs.org

Uma grande vantagem do Multisite é que ainda estamos falando praticamente da mesma instalação padrão do WordPress: ele tem a mesma estrutura de pastas, os mesmos arquivos do núcleo e a mesma base de código. Isso significa que a instalação de uma rede Multisite não é muito mais complicada do que instalar um site WordPress padrão, assim como a atualização multisite é exatamente a mesma que atualizar qualquer site WordPress. Todos os temas e plugins de sua rede são armazenados apenas uma vez, não importa em quantos sites usa-los, o que significa que você vai usar muito menos espaço no servidor em comparação a instalações individuais do WordPress.

É claro que existem diferenças entre as instalações e podemos resumi-las em três áreas:

  • Telas de administração e utilização delas.
  • Armazenamento dos uploads.
  • Tabelas de banco de dados.
  • Adição de um novo usuário administrador.

Telas de administração do Multisite

Com o multisite do WordPress instalado você ganha um novo tipo de usuário que é chamado de Super Administrador. Você ainda possui o tipo de usuário Administrador, porém esse é dedicado apenas a um website WordPress e o Super é para toda a sua rede. Quando você ativa o Multisite, algumas telas extras serão adicionadas à sua administração ao acessar a área administrativa como super administrador. Você pode ver abaixo do que há um painel especial para a gestão da rede.

Painel de controle Multisite
Painel de controle Multisite

Estes são acessíveis apenas para o Super administrador que gere a rede e permitirá que você instale temas, plugins, criar e gerenciar sites. Nós iremos navegar por cada uma dessas opções nesse guia, mas se você já tem um pouco de experiência com o WordPress poderá perceber que segue com a mesma facilidade que se teria com apenas um website.

As diferenças nos arquivos

Há apenas duas diferenças para os arquivos e pastas em uma rede Multisite: o arquivo wp-config.php e a pasta wp-uploads.

O wp-config.php terá algumas linhas extras adicionados que ativam Multisite dentro do WordPress e fazem a seleção em relação ao sub-dominio ou diretório – iremos falar desse assunto mais adiante. Já na pasta de uploads ao invés de lidarmos apenas com um tipo de organização de pastas, agora os arquivos são separados por site e por um número de identificação que deixam eles serem acessíveis apenas ao seu website relacionado. Mas a boa notícia é que o WordPress administra a estrutura do arquivo para você, então você não precisa se preocupar com isso!

As mudanças dentro do Banco de dados

O banco de dados para uma instalação padrão WordPress terá 11 tabelas de armazenamento de conteúdo e configurações do seu site. Com uma rede Multisite, nove delas são duplicadas para cada site com a adição de um número de identificação no nome de cada tabela. Essa é a única estrutura que cresce significativamente para cada adição de um novo site dentro da sua rede.

Lembrando que essa quantidade de tabelas é para uma instalação padrão e com a adição de plugins esse número pode crescer bastante. Claro que isto é algo que vai nos bastidores e você não precisa se preocupar se a sua rede for pequena.

Quando devo usar o multisite?

Multisite tem um uma quantidade enorme de funcionalidades e plugins, mas podemos resumi-los em 3 categorias:

  • A rede de gestão privada de sites ou blogs para um indivíduo ou empresa.
  • Uma rede de sites de clientes instalado e administrado por um desenvolvedor ou agência.
  • Uma rede que as pessoas podem adicionar seus próprios sites para, gratuitamente ou mediante o pagamento de uma assinatura.

Você pode querer criar uma rede para hospedar seus próprios sites pessoais, se você tiver mais de um, e com plugins de mapeamento de domínio que você ainda pode usar um nome de domínio diferente para cada site.

As empresas também usam Multisite do WordPress para hospedar vários sites que administram e gerem. Um grande exemplo é BBC America , que usa o Multisite para sediar sua rede de blogs. Com a WordPress.com segue o mesmo princípio e nesse caso você pode se registrar gratuitamente ou pagar uma mensalidade para liberar funcionalidades Premium em seu site. Você acha que isso foi desenvolvido a parte? Negativo, é tudo possível com a rede multisites do WordPress.

 Quando não usar Multisite

Mesmo com essa imensa quantidade de funcionalidades, possibilidades e sendo uma grande ferramenta o Multisite ainda pode não ser a opção que você procura. Aqui estão alguns exemplos de quando não existe necessidade de uma instalação como essa:

  • Você deseja criar um único site ou blog e não pretende criar qualquer mais no futuro.
  • Você está criando sites para vários clientes, mas cada um vai ser hospedado separadamente, talvez com clientes tendo seus próprios provedores de hospedagem.
  • Cada site que você está criando terá seu próprio banco de dados separado (talvez por razões de segurança).
  • Cada hospedagem terá seu próprio endereço IP.
  • Os administradores do site podem instalar seus próprios plugins e temas.
  • Sua hospedagem não fornece os requisitos necessários.
  • Você não tem acesso aos arquivos em seu servidor para edição.
  • Você é um iniciante em WordPress.

Se os seus problemas são relacionados ao seu servidor ou hospedagem eu recomendo que você busque um VPS – servidor virtual privado – de baixo custo ou uma hospedagem com maior liberdade de configuração. Eu posso sugerir 3 lugares para você:

NameCheap além de registrar domínios também é uma excelente opção de VPS ao custo de $19.90 por mês.

– Se você busca algo mais avançado, dá uma olhada nas opções da WiredTree que começam em $49.99

– Agora se inglês não é a sua praia e você quer ter um suporte em português, não tem como fugir da Hostgator. O valor do VPS lá é a partir de R$ 69,90.

Ativando Multisite na sua instalação WordPress

Agora que você sabe o que Multisite é e como ele pode beneficiá-lo, é hora de aprender a ativá-lo. Nós explicamos a instalação para uma ativação nova e para uma ativação já existente de WordPress, então preste bastante atenção nos detalhes pois existem diferenças grandes nas duas maneiras. Você também precisa escolher como será o formato de apresentação dos sites dentro da sua rede:

  • Usando subdomínios significa que cada site terá uma URL especifica como, por exemplo: http://site1.minharede.com.br. Se você está planejando deixar outros usuários criarem sites na sua rede essa é a sua opção. Lembre-se que você precisará de acesso total a criação de subdomínios na sua hospedagem para configurar o Wildcard.
  • Usando subdiretórios significa que cada site ficará em uma pasta no seu servidor, dentro da conta da sua rede, e mostrará os sites dessa maneira: http://minharede.com.br/site1. Essa opção pode causar muitos conflitos com as urls amigáveis do seu site principal, então tenha cuidado com os nomes escolhidos para os blogs.

Na minha opinião é sempre melhor escolher a opção de subdomínios por mais que ela de um pouco mais de trabalho para ser configurada.

Ativando Multisite em uma nova instalação WordPress

Ativando Multisite quando você instalar o WordPress envolve algumas etapas extras. Em primeiro lugar, você precisa instalar o WordPress e permitindo uma rede.

WP-Config.php com o Multisite ativado
WP-Config.php com o Multisite ativado
  1. Siga o processo de instalação normal do WordPress. Inclusive já foi criado um artigo nesse blog para isso.
  2. Abra o arquivo WP-CONFIG.PHP e insira o código:
    /* Multisite */
    define( 'WP_ALLOW_MULTISITE', true );
  3. Salve o arquivo e vá para sua área administrativa do WordPress.
  4. Na administração do WordPress, vá em Ferramentas > Configuração de Rede. Você será solicitado a escolher subdomínios ou subpastas para sua instalação. Escolha o que melhor se encaixa na sua opção e siga.
  5. Edite o título da sua rede e o e-mail do Super Administrador quando for solicitado ou deixe como está.
  6. Clique em Instalar.

O passo final é para copiar o código fornecido pelo WordPress em seu wp-config.php e no arquivo .htacess.

DICA: Se você acessar os seus arquivos pelo painel de gerenciamento da hospedagem existe uma chance de não localizar o arquivo .HTACESS por ele sempre se manter invisível no servidor. Eu recomendo que você faça um acesso FTP direto utilizando softwares como o FileZilla.

Com os códigos devidamente adicionados, basta você retornar ao seu site e acessa-lo novamente com o login e senha. Agora ao invés de encontrar o painel de um WordPress apenas você já entrará no painel de administração multisite.

Ativando Multisite em uma instalação WordPress Estabelecida

Se você está convertendo seu site existente para uma rede Multisite, siga os mesmos passos acima com uma exceção: você não vai ser dada a opção de selecionar subdomínios ou subpastas. Se seu site tem sido a existência de mais de um mês, você será forçado a usar subdomínios.

Gerenciando sua rede

Agora a rede está no lugar e funcionando, será preciso configurar os sites que farão parte dela. Gerir a sua rede será constituída por:

  • Criar e gerenciar sites
  • Instalar e ativar temas
  • Instalando e desativando plugins
  • Instalando atualizações

Alguns plugins feitos para Multisite adicionam mais funcionalidades de gestão que envolvem relatórios, segurança, backup e constroem um sistema muito maior. Por agora você não precisa se preocupar com isso e vamos caminhando no que a instalação padrão nos oferece.

Criando um site

Você pode criar sites manualmente ou você pode instalar um plugin que permite aos usuários criarem os seus próprios. A criação automática fica pra depois, por agora vamos ver como é a criação manual de novos sites WordPress na sua rede:

  • Vá para a tela de administração da sua rede.
  • Clique em Sites > Adicionar Novo
  • Digite o endereço do site – subdomínio ou subdiretório -, o título do site e o endereço de e-mail do administrador do site.

O novo site será criado. Se você já usou o seu próprio endereço de e-mail para o administrador do site, você será capaz de vê-lo quando você passar o mouse no link Meus Sites no menu de administração. Se você não for o administrador, você ainda poderá vê-lo na tela Todos os Sites.

Gerenciando o seu Multisite
Gerenciando o seu Multisite

Instalar e ativar Temas

Somente o super administrador de uma rede podem instalar temas e disponibilizá-los para os sites. Eles poderão ser disponibilizados para todos ou individualmente. Dentro do site WordPress que faz parte da sua rede Multisite um tema só ficará disponível se você liberar ele como Super Administrador, logo não basta apenas instala-lo.

Veja como você instalar um tema e rede de habilitá-lo:

  1. Na tela de administração da rede, vá para Temas > Adicionar novo e instale o tema da mesma forma como você faria para um site WordPress padrão.
  2. Uma vez que ele esteja instalado, basta clicar em Ativar na Rede e todos os seus sites poderão ativar o tema.

Caso você já tenha outros temas antigos instalados, basta ir até o menu Temas e clicar em Ativar na Rede aquele que você deseja disponibilizar a todos.

Para liberar individualmente os temas aos sites, você deve seguir esses passos:

  1. Na área de administrador da rede clique em Sites para ver todos os seus sites.
  2. Passe o mouse sobre o nome do site que você deseja ativar o tema e clique em Editar.
  3. Vá até a aba Temas para visualizar os temas configurados para aquele site.
  4. Encontre o tema que será liberado somente para aquele site e clique em Ativar.
Liberando um tema no Multisite
Liberando um tema no Multisite

Agora dentro daquele site, no menu de Aparências você encontrará o tema ativado e pronto para ser usado.

Instalar e ativar Plugins

A instalação de plugins segue o mesmo princípio dos temas, porém na área destinada a eles. Uma diferença é que existem plugins feitos para a área de administração da rede e não para os sites. São novas funcionalidades para sua rede WordPress e no final desse guia tem uma dica interessante para quem quer vender sites com uma rede Multisite.

Gerenciando Sites

Há outras telas que você pode usar para gerenciar os sites em sua rede estão disponíveis dentro da configuração de cada instalação

A tela de Informações contém dados básicas sobre o site.

Na área dos Usuários você encontra uma lista de todos os usuários cadastrados naquele determinado site, que por consequência se tornam usuários da sua rede. Você tem controle total e pode remover ou adicionar novos usuários para qualquer site, independente de quem é o administrador.

Na tela das Configurações você tem acesso completo a tudo que pode ser alterado dentro daquele site WordPress. Essas configurações são as mesmas que o usuário administrador do site vê e algumas especiais que somente o Super Administrador pode alterar. Eu recomendo aos usuários iniciantes para usarem com cuidado essa seção, pois ela pode comprometer o site completamente se alguma informação for inserida ou retirada de forma incorreta.

Novamente é válido lembrar que plugins voltados para redes multisite WordPress podem adicionar novas abas, porém estamos te guiando pela instalação padrão.

Atualizações na sua Rede

A atualização de temas e plugins é feita da mesma maneira que um WordPress comum, porém de forma massiva para todos aqueles sites que possuem instalado o módulo que você atualizará. Assim como no WordPress padrão é importante cuidar com esse tipo de ação, afinal de contas nem todos os sites terão o mesmo conteúdo e com uma atualização muito drástica o site poderá se corromper.

Para garantir a sobrevivência da sua rede faça um backup antes das atualizações. Tem um plugin incrível de Backup que é gratuito e pode te ajudar nisso:

Plugin de Backup - WordPress
Plugin de Backup – WordPress

Vendendo sites com a rede Multisite WordPress

Não é difícil perceber, com tudo isso que foi passado, que é possível rentabilizar sua rede WordPress. O que eu quero dizer é que com as funcionalidades do Multisite você pode vender sites prontos, lojas virtuais ou qualquer outro portal WordPress dentro da sua rede de forma automática.

Eu já tinha dito anteriormente que isso não seria possível somente com a instalação padrão do Multisite e que precisaríamos de plugins específicos. Fique tranquilo, pois existe uma equipe extremamente famosa no mundo do WordPress que é especialista em Multisite e criou uma enorme quantidade de plugins voltados para que você possa administrar e vender com a sua rede.

wpmudev

A compra dos plugins é feita em um formato de assinatura mensal e você acessa todos eles ao mesmo tempo, então não precisa ficar escolhendo quais você vai comprar porque vem tudo junto. Para facilitar a sua vida eles disponibilizam um plugin chamado WPMU DEV DASHBOARD que permite você acessar a sua conta, seus plugins e temas diretamente da sua rede.

 

Além de tudo você pode colocar a sua marca nos plugins e na rede, já que eles deixaram essa opção aberta para que o nome dos desenvolvedores não apareça em lugar algum. Vale muito a pena conferir.

 

Espero que ter passado de forma simples como funciona uma rede Multisite WordPress, como ativá-la na sua rede e os benefícios que virão com a ativação dela. Qualquer dúvida que surgir deixa um comentário ou comente a sua experiência com o WordPress.

 

O maior curso de Heróis do
WordPress no Brasil

Deixe o seu e-mail na lista de espera
REGISTRAR

Daniel Leal

Eu já passei dos meus 25 anos e boa parte desse tempo eu estive online. WordPress, Plataformas e códigos são uma paixão grande, mas marketing, conteúdo e empreendedorismo falam mais alto. Eu vivo nesse conflito e escrevo sobre ele!

18 comentários

  • Eu já segui diversos tutoriais e mais este . Mas nada me ajuda a conseguir criar a rede. Na realidade crio, aparece tudo certinho. Mais na hora que crio os sites, e vou verificar , não rola. Não funciona. Até cheguei com um plugin chegar em um subdomínio em um Painel De Controle do mesmo. Mais quando vou acessar o site criado , ele esta fora, tela branca, tela erro 404, enfim , todos os erros possíveis rsrsrs.

    • Olá Zequi,

      Me envia um e-mail em contato@localhost/academiawordpress que eu te dou uma ajuda. Eu tenho vários portais em multisite e todos funcionam tranquilamente, posso te dar umas dicas por lá.

      Até mais.

      • Agora uma duvida.. Ex. Eu tenho uma loja virtual principal Loja1

        E eu quero criar varias lojas – Loja2 – Loja 3 – Loja 4 – Loja 5
        Nesse sistema eu consigo criar sim..mas tem alguma opção que eu consiga colocar os produtos das outras lojas na loja principal?

        E detalhe: no momento da compra pela loja principal o produto tem que ser vendido pelas outras lojas, configurações como, frete.

  • Boa tarde, e para fazer pesquisas nos subdomínios utilizando o multisite, ou seja vocẽ do domínio principal digita o que quer e quando clica em buscar ele procura em toda a rede não só no principal. É possível?

    • Olá Marcos,

      É possível sim, porém precisa usar um ou dois plugins para conseguir gerar essa “busca universal” na rede. Qual é a sua ideia? Uma rede de blogs do mesmo assunto?

      Até mais.

  • Saberia me dizer se tem como ter uma só instalação do wordpress mas com cada banco de dados separados? Minha ideia para isso é evitar que muitos sites (no caso de agência ou empresa de web) fiquem em apenas um banco, deixando esse banco extremamente pesado. Pelo menos eu creio que 10 sites com muitos conteúdos em apenas um banco ficaria pesado. A instalação única seria para caso precise mexer na instalação ou até mesmo atualizar atualize todo mundo de uma só vez.

  • Daria para ter uma única instalação e cada banco de dados dos clientes separados? Isso apenas para evitar que o banco de dados do multisite fique sobrecarregado com diversos conteúdos de diversos cliente. E a única instalação é para que ao atualizar o sistema atualize para todos de uma vez.

  • Daniel,

    eu tenho um projeto de criar um site rock onde as bandas teriam seus perfis para atualizar, por exemplo a banda1 se cadastra e solicita o espaço dela e é criado o subdiretório meusite.com.br/banda1 (com mesmo layout do site principal) onde ela poderá atualizar o blog próprio, inserir mp3, link para vídeo de youtube, agenda de shows, etc… acontece que eu não estou enxergando como posso fazer isso utilizando o wordpress, poderia utilizar o multisite? seria viável?

    • Olá Marcio,

      Com certeza, inclusive a função multisite é essencialmente para quem busca criar redes de sites no estilo “faça vocês mesmo”. Esse tipo de projeto está em alta com o boom que está acontecendo de marketplaces.

      Se quiser discutir melhor o seu projeto, me manda um e-mail e conversamos!

      Até mais.

  • Daniel,
    Gostaria de saber se para SEO é recomendado ter muilte sites no wordpress, se os IPS e as hospedagens forem diferentes, apenas por questões de praticidade.
    Tenho vários mini sites por isso vá pergunta mas trabalho o seo neles também então a dúvida.

  • Sabe me dizer como eu faço para resolver o seguinte problema:
    Antes de configurar o Wildcard eu conseguia acessar o e-mail da minha empresa pelo webmail.meudominio.com.br , depois que criei esta entrada coringa no DNS *. parei de acessar o webmail. Alguém tem alguma dica?

  • Olá. O post esta excelente!

    Só que eu tenho um problema. Quando eu configuro o wordpress para redirecionar de http para https, seja através de código ou plugin, o usuário consegue acessar normalmente quando digita http://www.meusite.com.br, mas quando digita meusite.com.br ele é redirecionado para a página de registro de multise. Sabe como resolver isso?

  • Gostei da publicação e me ajudou em algumas coisas, mas achei que no momento mais complicado ( inserção de códigos), vc não mostrou claramente como se faz… entendo que, pela proposta da publicação, eu não deveria precisar procurar outro tutorial pra finalizar isso. De qualquer modo, obrigado. Abraço.

CURTA A ACADEMIA!

+10000 Elementos Web!

Dokan - Multivendor Marketplace Platform

O maior curso de Heróis do
WordPress no Brasil

Deixe o seu e-mail na lista de espera
REGISTRAR
close-link

Send this to a friend