Academia WordPress

Como instalar e configurar o Google Tag Manager no seu WordPress

É comum você precisar adicionar vários pedaços de códigos – code snippets – para acompanhar as visitações, taxa de cliques e outras informações que servem para analisar o desempenho do seu portal.

Com o Google Tag Manager você consegue facilmente gerenciar todos esses scripts de um único painel. Dentro dele você já encontra modelos de tags construídas previamente para o Google Analytics, AdWords, DoubleClick e etc. O Tag Manager também funciona com diversas plataformas externas.

Fora isso, é possível adicionar o seu próprio código HTML personalizado seja ele para inserir o rastreamento de alguma informação ou para qualquer função que desejar. A vantagem de tudo isso é poder carregar todos os seus códigos usando apenas um script, que é a Tag Manager, além de mantê-los organizados em um único painel.

Agora que você entendeu o que e quem é o Google Tag Manager, vamos adiciona-lo no WordPress. Nesse artigo usaremos o código do Google Analytics como exemplo.

Instalando o Tag Manager no WordPress

Primeiramente você precisa ter uma conta no Google Analytics para poder seguir com esse tutorial. Não conhece ou não sabe o que é essa ferramenta? Então primeiro leia o meu artigo sobre Criar e instalar o Google Analytics no seu WordPress.

Tudo certo no Analytics, você precisará de uma conta no Google Tag Manager também. O processo é bem semelhante e tudo que você precisa fazer é clicar em criar uma conta usando o mesmo e-mail utilizado no Analytics.

google-tag-manager-home

Após a conta ser criada, o Tag Manager solicitará que você adicione uma nova conta. Comece inserindo o nome (por exemplo: Meu WordPress) e clique em continuar. Na próxima etapa você precisará inserir o domínio do seu WordPress e o tipo de aplicação – você poderá adicionar vários domínios em uma conta só. É claro que a escolha nesse caso será Web, mas é bom que você saiba que o Google Tag Manager também é usado para aplicativos móveis no iOS e Android. Finalize a etapa clicando no botão Criar.
segunda-etapa-google-tag-manager

Uma janela aparecerá com o termo de serviço da Google para você aceitar. Eu duvido muito que você vá ler todo ele – por mais que eu recomende essa leitura -, então basta aceitar para seguir em frente.

Uma nova janela surgirá, agora com o código do Gerenciador de Tags – é o nome da plataforma em português – que deve ser inserido no seu WordPress, porém apenas salve ele em um bloco de notas e iremos falar sobre isso mais a frente. Clique em Ok e siga para o seu painel.

painel-google-tag-manager

O que precisamos agora é de uma nova tag para testar o gerenciador. O primeiro quadrado do painel já indica o link que será clicado: Adicionar uma nova tag. O primeiro campo da configuração da tag será o Título. Eu sugiro que você nomeie com algo que indique o produto daquela tag. No caso desse exemplo utilizamos o nome GA tag, que é a sigla do Google Analytics.

adicionando-uma-nova-tag

Nessa página de criação da tag você também encontra a relação de produtos com os quais o Tag Manager é integrado. Na etapa de Escolher produto iremos selecionar, é claro, o Google Analytics junto com a opção de Universal Analytics referente ao código mais atualizado da plataforma.

criando-uma-tag-parte-2

A configuração da tag exigirá o seu código de rastreamento do Analytics. É bem fácil de encontra-lo, basta acessar a sua conta no GA e localizar o site que você pretende rastrear pelo Gerenciador de Tags. Aquele código ao lado do nome do site é a informação que procuramos. Selecione todo ele e copie para o campo de Código de acompanhamento.

Não entrarei em detalhes sobre as configurações avançadas agora, até porque esse é um tutorial para iniciantes. Continue a configuração selecionando o rastreio para Todas as Páginas e, por fim, clicando em Criar tag.

Inserindo o Código no WordPress

Voltando ao código que você salvou em um bloco de notas, nós iremos inseri-lo dentro do seu WordPress. As instruções repassadas pelo Google é para incluir o código antes do fechamento da tag Body. Isso significa que a inserção deve ser feita no Header – cabeçalho.

Não vou usar um método que requer abertura de dos arquivos de código do WordPress, até porque você pode acabar gerando uma grande bagunça se não souber o que está fazendo. Uma maneira mais simples do que essa seria usando um plugin para inserção de códigos externos no cabeçalho ou no rodapé.

Instale o plugin Insert Headers and Footers no seu WordPress.

insert-headers-and-footers

Siga para o menu Configurações > Insert Headers and Footers. Dentro do campo de Scripts in Header você deve colar o código do Google Tag Manager e depois clicar no botão salvar para aplicar esse novo código.

Publicando a sua Tag

As tags no gerenciador não ficam online até que você publique um contêiner. Para publicá-las você só precisa acessar o painel e clicar no botão vermelho a direita.

publicar-um-container

E chegamos ao fim da configuração. A sua tag deve estar funcionando perfeitamente e você pode começar a ter ideias para inserir novos pedações de código no Gerenciador de tags.

Deixe seu comentário com dúvidas ou sugestões de novos tutoriais!

Daniel Leal

Daniel Leal

Eu escrevo para facilitar o aprendizado de outros daquilo que eu tivesse dificuldade em aprender. WordPress, WooCommerce e desenvolvimento de novas tecnologias são meus focos principais, mas marketing de conteúdo, negócios digitais e (mais recentemente) fintechs também ocupam uma parcela das minhas ideias e projetos.

1 comentário

Como instalar e configurar o Google Tag Manager no seu WordPress

Share via
Send this to a friend