Academia WordPress

Como instalar e configurar o Google Tag Manager no seu WordPress

É comum você precisar adicionar vários pedaços de códigos – code snippets – para acompanhar as visitações, taxa de cliques e outras informações que servem para analisar o desempenho do seu portal.

Com o Google Tag Manager você consegue facilmente gerenciar todos esses scripts de um único painel. Dentro dele você já encontra modelos de tags construídas previamente para o Google Analytics, AdWords, DoubleClick e etc. O Tag Manager também funciona com diversas plataformas externas.

Fora isso, é possível adicionar o seu próprio código HTML personalizado seja ele para inserir o rastreamento de alguma informação ou para qualquer função que desejar. A vantagem de tudo isso é poder carregar todos os seus códigos usando apenas um script, que é a Tag Manager, além de mantê-los organizados em um único painel.

Agora que você entendeu o que e quem é o Google Tag Manager, vamos adiciona-lo no WordPress. Nesse artigo usaremos o código do Google Analytics como exemplo.

Instalando o Tag Manager no WordPress

Primeiramente você precisa ter uma conta no Google Analytics para poder seguir com esse tutorial. Não conhece ou não sabe o que é essa ferramenta? Então primeiro leia o meu artigo sobre Criar e instalar o Google Analytics no seu WordPress.

Tudo certo no Analytics, você precisará de uma conta no Google Tag Manager também. O processo é bem semelhante e tudo que você precisa fazer é clicar em criar uma conta usando o mesmo e-mail utilizado no Analytics.

google-tag-manager-home

Após a conta ser criada, o Tag Manager solicitará que você adicione uma nova conta. Comece inserindo o nome (por exemplo: Meu WordPress) e clique em continuar. Na próxima etapa você precisará inserir o domínio do seu WordPress e o tipo de aplicação – você poderá adicionar vários domínios em uma conta só. É claro que a escolha nesse caso será Web, mas é bom que você saiba que o Google Tag Manager também é usado para aplicativos móveis no iOS e Android. Finalize a etapa clicando no botão Criar.
segunda-etapa-google-tag-manager

Uma janela aparecerá com o termo de serviço da Google para você aceitar. Eu duvido muito que você vá ler todo ele – por mais que eu recomende essa leitura -, então basta aceitar para seguir em frente.

Uma nova janela surgirá, agora com o código do Gerenciador de Tags – é o nome da plataforma em português – que deve ser inserido no seu WordPress, porém apenas salve ele em um bloco de notas e iremos falar sobre isso mais a frente. Clique em Ok e siga para o seu painel.

painel-google-tag-manager

O que precisamos agora é de uma nova tag para testar o gerenciador. O primeiro quadrado do painel já indica o link que será clicado: Adicionar uma nova tag. O primeiro campo da configuração da tag será o Título. Eu sugiro que você nomeie com algo que indique o produto daquela tag. No caso desse exemplo utilizamos o nome GA tag, que é a sigla do Google Analytics.

adicionando-uma-nova-tag

Nessa página de criação da tag você também encontra a relação de produtos com os quais o Tag Manager é integrado. Na etapa de Escolher produto iremos selecionar, é claro, o Google Analytics junto com a opção de Universal Analytics referente ao código mais atualizado da plataforma.

criando-uma-tag-parte-2

A configuração da tag exigirá o seu código de rastreamento do Analytics. É bem fácil de encontra-lo, basta acessar a sua conta no GA e localizar o site que você pretende rastrear pelo Gerenciador de Tags. Aquele código ao lado do nome do site é a informação que procuramos. Selecione todo ele e copie para o campo de Código de acompanhamento.

Não entrarei em detalhes sobre as configurações avançadas agora, até porque esse é um tutorial para iniciantes. Continue a configuração selecionando o rastreio para Todas as Páginas e, por fim, clicando em Criar tag.

Inserindo o Código no WordPress

Voltando ao código que você salvou em um bloco de notas, nós iremos inseri-lo dentro do seu WordPress. As instruções repassadas pelo Google é para incluir o código antes do fechamento da tag Body. Isso significa que a inserção deve ser feita no Header – cabeçalho.

Não vou usar um método que requer abertura de dos arquivos de código do WordPress, até porque você pode acabar gerando uma grande bagunça se não souber o que está fazendo. Uma maneira mais simples do que essa seria usando um plugin para inserção de códigos externos no cabeçalho ou no rodapé.

Instale o plugin Insert Headers and Footers no seu WordPress.

insert-headers-and-footers

Siga para o menu Configurações > Insert Headers and Footers. Dentro do campo de Scripts in Header você deve colar o código do Google Tag Manager e depois clicar no botão salvar para aplicar esse novo código.

Publicando a sua Tag

As tags no gerenciador não ficam online até que você publique um contêiner. Para publicá-las você só precisa acessar o painel e clicar no botão vermelho a direita.

publicar-um-container

E chegamos ao fim da configuração. A sua tag deve estar funcionando perfeitamente e você pode começar a ter ideias para inserir novos pedações de código no Gerenciador de tags.

Deixe seu comentário com dúvidas ou sugestões de novos tutoriais!

BLING
Daniel Leal

Daniel Leal

Eu já passei dos meus 25 anos e boa parte desse tempo eu estive online. WordPress, Plataformas e códigos são uma paixão grande, mas marketing, conteúdo e empreendedorismo falam mais alto. Eu vivo nesse conflito e escrevo sobre ele!

1 comment

Digital Ocean

Send this to a friend