Academia WordPress

Criando e Configurando o Google Analytics no WordPress

Conhecer a movimentação do seu portal, a reação dos usuários dentro dele, a popularidade do seu conteúdo e outras informações sobre o tráfego que passa pelo seu WordPress são fatores cruciais para o sucesso do seu projeto.

O Google Analytics é uma plataforma de análise de tráfego completamente gratuita. Você se assusta com a quantidade de ferramentas e informações que essa ferramenta provê sem custo algum. É claro que existe um limite e grandes portais com milhões de visitas diárias precisam arcar com o custo de um pacote premium, porém você não será cobrado tão cedo.

5 informações essenciais do Analytics

Eu vou falar sobre alguns pontos essenciais sobre o Google Analytics e que devem ser dominados completamente.

Quem visitou o seu site?

Esse informação é extremamente útil e pode te ajudar em inúmeras situações. O dado mais básico será a quantidade de visitantes por dia – podendo separar o relatório por semana, mês, ano e etc – seguido pela quantidade de sessões que foram abertas, a média de tempo de um visitante em cada página, a porcentagem de novas sessões e a taxa de rejeição (Que é a média entre novos visitantes x visitantes recorrentes).

A partir dessas primeiras informações, o Google Analytics se aprofunda e fornece dados como:

  • Informações demográficas mostrando o idioma dos seus visitantes e de que pais ou cidade eles vieram.
  • Mostrará qual o sistema operacional usado pelo visitante ao acessar o seu site, o provedor de serviço e até por qual navegador ele entrou.
  • Dados sobre os acessos por celulares, o tipo de aparelho usado para acessar e – bem importante – a resolução da tela.

informacoes-do-google-analytics

Além de muitos outros aprofundamentos que a plataforma faz, permitindo que você modifique o seu WordPress conforme a audiência que recebe. O excelente exemplo do uso dessas informações é sobre a resolução de tela. Se você está recebendo uma grande quantidade de visitantes a partir de um tipo de resolução, então o design responsivo do seu site deve ser testado principalmente nessa tela.

O caminho do visitante no site

Dentro do Google Analytics, no meu Comportamento > Fluxo de comportamento, você tem acesso a um diagrama que mostra o comportamento do seu visitante durante o período que ele se manteve por lá.

Começa pela página inicial na qual ele entrou no seu portal, seguindo pelas próximas interações e chegando no momento em que o visitante abandonou a visita.

Dados separados por Páginas

Ao acessar o caminho, no Google Analytics, do menu Comportamento > Conteúdo do Site > Todas as páginas você tem uma visão geral de todas as suas páginas principais classificadas da mais visualizada para a menos.

Ao clicar em uma página, o GA te direciona para uma área especifica daquele conteúdo e prove informações detalhadas sobre a visitação daquele determinado endereço. Esses dados são essenciais para acompanhar e configurar o SEO por página.

O que foi clicado no seu site

Dentro de um artigo ou página com certeza você terá links internos e externos direcionado o visitante para novas informações. O Google Analytics permite que você rastreie esses links e saiba a média de cliques dele por página, qual link foi mais clicado, assim como o total de eventos ocorridos no dia.

Visão em Tempo Real

Por fim, essa é a informação mais divertida de se acompanhar e acalma muito bem os ansiosos. O menu Tempo Real > Visão Geral mostra, como o nome diz, ao vivo a visitação no seu site, a origem dessa visitação (Exemplo: Facebook, Twitter, Busca no Google e etc.) e em qual página os visitantes estão acessando naquele momento.

visao-em-tempo-real-analytics

Esse acompanhamento, além de tirar a paranoia de quem ninguém acessa o seu portal, permite que você acompanhe a repercussão de um artigo após ter compartilhado em suas redes sociais ou feito uma campanha no Google AdWords, por exemplo. Com certeza esse é uma das ferramentas mais valiosas do Google Analytics.

Criando a sua conta

Você não precisa necessariamente de um e-mail Gmail para cadastrar sua conta, mas eu te garanto que a sua vida dentro das plataformas Google será facilitada se você acostumar-se a usar um gmail como email de registro.

Acessando o portal do Google Analytics e clicando no botão de Criar uma Conta, você será direcionado – caso não esteja logado a nenhum gmail no seu navegador – para uma página de login com seu e-mail Google.

criando-uma-conta-analytics

Passada essa fase de registro que é bem intuitiva, começa a verdadeira configuração do Google Analytics. O primeiro passo será a criação de uma nova conta e, junto a ela, a inclusão de um novo domínio a ser rastreado.

criando-uma-conta-analytics (2)

Defina um nome para a sua conta como, por exemplo: Meus Blogs, insira um nome para seu primeiro domínio a ser rastreado e logo após o endereço – URL – do seu site.

A Categoria do Setor se refere ao conteúdo do site, então role pelas opções e escolha aquela que mais se adequá ao objetivo principal do seu portal.

Configure o Fuso horário dos relatórios corretamente, selecionando primeiro Brasil e depois a sua região ou região mais próxima a sua zona de horário. Caso essa configuração esteja incorreta os dados de visitação do seu portal poderão ser prejudicados.

Eu recomendo que mantenha todas as informações de compartilhamento de dados marcadas, mas saiba que você tem toda a liberdade para não permitir que os seus dados sejam compartilhados com a Google.

informacoes-de-compartilhamento-marcadas

Feita essa primeira etapa, clique em ver ID de Acompanhamento que será o código que iremos inserir no WordPress para rastreio. Como é de padrão do Google você, antes de prosseguir, deve aceitar o Termo de Serviço.

Rastreando o WordPress

Na tela seguinte a configurações é possível encontrarmos o ID de Acompanhamento e um código padrão do Google Analytics para ser inserido no portal que será rastreado. Existem duas maneiras – as duas são simples – para usarmos o Google Analytics no WordPress.

rastreamento-analytics

A primeira consiste em instalar um plugin para inserção de código customizado – Insert Headers and Footers – e colocar manualmente o script no seu WordPress.

insert-headers-and-footers

Instale o Plugin indicado e siga para o menu Configurações > Insert Headers and Footers. Copie o scritp fornecido pelo Analytics, não aquele ID e sim o código que está em acompanhamento de Website, e insira ele na área Script in Header. Clique em salvar e pronto, o seu site está sendo rastreado.

A segunda opção é mais simples ainda. Instale o famoso plugin Google Analytics by Yoast, ative ele e um menu chamando Analytics aparecerá logo no início da administração do WordPress.

google-analytics-by-yoast

Basta você ir até esse menu, clicar no botão de Autenticação do Google Analytics, copiar o código que aparecerá em um pop-up, colar no campo indicado e salvar as configurações. Pronto, o seu site está sendo rastreado e ainda você consegue ver algumas informações dentro do WordPress.

configurando-o-analytics-by-yoast

Testando o Rastreamento

Logo após ter feito a configuração do código de rastreamento no WordPress, abra uma página anônima com o seu navegador – ou outro navegador – e acesse a página inicial do seu site. Abra o Google Analytics e vá até a ferramenta de Visão em Tempo Real. Aguarde até que apareça algum usuário online – seja você ou outro visitante, pois essa é a confirmação que seu site está sendo rastreado. Se nenhuma informação aparecer, repita o processo de configuração.

Ficou com dúvidas ou tem uma sugestão de tutorial para ser criado aqui no blog? Deixe um comentário!

BLING
Daniel Leal

Daniel Leal

Eu já passei dos meus 25 anos e boa parte desse tempo eu estive online. WordPress, Plataformas e códigos são uma paixão grande, mas marketing, conteúdo e empreendedorismo falam mais alto. Eu vivo nesse conflito e escrevo sobre ele!

Add comment

Digital Ocean

Send this to a friend