Academia WordPress

Guia WordPress – Plugins

Finalmente um artigo do Guia WordPress que terá um assunto muito interessante e que abrange mais do que explicar uma funcionalidade. A criação, integração e instalação de plugins no WordPress possui tantas possibilidades que hoje existem profissionais especializados nesse assunto – eu gosto de considerar que sou um profissional desses.

Plugins são pedaços de código que adicionam novas funcionalidades ao WordPress. Esses pedaços podem ser pequenos para inclusão de pequenas mudanças como:

Finalmente um artigo do Guia WordPress que terá um assunto muito interessante e que abrange mais do que explicar uma funcionalidade. A criação, integração e instalação de plugins no WordPress possui tantas possibilidades que hoje existem profissionais especializados nesse assunto – eu gosto de considerar que sou um profissional desses.

Plugins são pedaços de código que adicionam novas funcionalidades ao WordPress. Esses pedaços podem ser pequenos para inclusão de pequenas mudanças como:

  • Criação de um novo tipo de usuário.
  • Inclusão de um efeito nos seus links ou na página inicial.
  • Esconder algum elemento da sua área administrativa.

São poucos exemplos, mas servem para separarmos os códigos mais simples dos mais complexos. Inclusões como essas geralmente facilitam grandes problemas que você tem na instalação padrão do WordPress. Em diversos casos o plugin pode ter um código grande, ser complexo para desenvolver, e no final apenas executar uma tarefa simples. Um desses casos são os plugins que resolvem o problema de SPAM no WordPress, aproveite para ler sobre isso em um dos artigos do Guia que fala sobre comentários.

askimet-wordpress

Já os plugins maiores, com códigos mais complexos, podem adicionar verdadeiros novos sistemas e mudar completamente o seu WordPress. Um dos casos mais famosos – inclusive a empresa criadora do WordPress adquiriu o plugin como falamos por aqui – é o WooCommerce. Esse plugin adiciona um sistema inteiro de Loja Virtual ao seu WordPress, modificando páginas, adicionando novos conteúdos, novas ferramentas e trabalhando com um universo totalmente diferente de um simples Blog. Esse tipo de módulo se torna tão grande que abre a possibilidade de desenvolvimento de extensões direcionadas ao plugin e não mais ao WordPress em si, ou seja você usa novos plugins para um plugin.

woocommerce-wordpress-repositorio

Para você entender melhor esse nível superior de plugins eu indico que você conheça o WooCommerce e perceba que ele não tem, por padrão, meios de pagamento brasileiros. Em vista disso, outro desenvolvedor criou um plugin para o PagSeguro, MOIP e outros grandes gateways no Brasil.

woocommerce-pagseguro

A medida que você evolui sua experiência no WordPress e começa a precisar de novas funcionalidades o conhecimento sobre plugins será muito útil. Por esse motivo é que, em especial, esse artigo será uma cobertura inicial completa servindo como uma boa base para quem não faz ideia de que tipo de plugins precisará.

Instalação, Remoção e Atualização

Sem muito mistério, como quase tudo no WordPress, você localiza seus plugins no menu de administração lateral clicando no item com o nome do mesmo. Os sub-menus que ficará visíveis serão para adicionar um novo plugin e para usar o editor online de código – o que eu não recomendo usar para iniciantes. A instalação padrão do WordPress acompanha dois plugins, não ativados, que você visualizará sempre:

  • Askimet: um plugin anti-spam.
  • Hello Dolly: uma brincadeira e também um exemplo do que é um plugin, não tem nenhuma funcionalidade ou impacto na plataforma.

area-de-plugins-wordpress

A medida que você instalar plugins eles serão empilhados na lista em ordem alfabética. As informações visíveis para você nessa lista serão:

  • Nome do plugin em destaque, com um menu de ações logo abaixo.
  • Uma descrição completa – geralmente em inglês – do seu propósito acompanhada pela versão, autor e um link que levará para a página que o autor criou para esse plugin.

No menu de Ações em Massa você pode ativar, atualizar, remover ou desativar vários plugins ao mesmo tempo.  A inclusão deu m novo plugin, feita pelo botão Adicionar Novo, é possível através de dois meios:

  • Uma busca pela repositório de plugins gratuitos do WordPress.
  • O upload de um plugin diretamente do seu computador.

adicionar-um-novo-plugin-wordpress

Não entrarei em detalhes sobre o que são plugins gratuitos ou pagos já que você encontra essa informação em outros artigos pelo blog. Uma vez feito o upload ou a instalação do repositório de um plugin ele virá desativado e tudo que você precisa falar é clicar em Ativar Plugin para visualizar as alterações que ele promove no seu WordPress.

ativando-plugin-wordpress

Desativar um plugin é diferente de remove-lo, lembre-se disso. Outra informação importante é que plugins são sempre atualizados, geralmente acompanhando as mudanças do WordPress ou da internet em geral, por isso é importante que você mantenha a instalação sempre na última versão. Bons plugins possuem um sistema de aviso e toda vez que uma nova atualização estiver disponível você receberá um aviso direto na sua área de administração do WordPress.

Os cuidados com Plugins

A primeira orientação que eu posso te dar é para nunca usar plugins desconhecidos ou – usando um termo conhecido – piratas. O Plugin Pirataconhecido como nulled –  não é como aquele óculos Ray-ban que você compra no centro da sua cidade e é totalmente genérico, eles geralmente são 99% iguais. O problema está nesse 1% de diferença que muitas vezes pode significar que o sujeito que disponibilizou o plugin de forma indevida adicionou um pedaço de código que rouba informações do seu site, instala arquivos maliciosos no seu servidor ou prejudica sua visitação.

Existem fontes confiáveis para aquisição de plugins e sempre que possível, para plugins pagos, entre em contato direto com o desenvolvedor para saber se você terá suporte futuramente. Muitos plugins são criados hoje, colocados a venda e o desenvolvedor some sem corrigir os bugs que o plugin está gerando nos sites dos compradores.

Outro cuidado que você deve ter é na instalação de muitos plugins ao mesmo tempo. Você percebeu que esses códigos não são desenvolvidos por uma pessoa apenas ou por uma equipe de pessoas, então é possível existir conflitos entre os plugins que você instalou.

Uma lista de plugins para iniciantes

Então se você entendeu bem como funciona os plugins dentro do WordPress e quer começar a instalar algumas opções confiáveis, aqui está uma lista com alguns plugins mais usados no momento e que eu indicaria para você instalar:

  • SEO by Yoast : cuida muito bem da parte de optimização do seu WordPress e é um dos melhores plugins gratuitos no mercado.
  • Contact Form 7 : um criador gratuito de formulários de contato, essencial para todo site.
  • Contact Form DB : para garantir que nenhum contato vindo do Contact Form se perca, adicione esse plugin para salvar as mensagens direto no seu site.
  • Google Analytics by Yoast : integração com a ferramenta do Google que permite você analisar e acompanhar a visitação do seu site.
  • Duplicator : ainda iremos conversar sobre Backups, mas não deixe de sempre salvar um versão do seu WordPress para casos de emergência.
  • WooCommerce : já quer partir para uma Loja Virtual? Instale e teste esse plugin.
  • Wordfence Security : um kit de ferramentas para garantir a segurança do seu WordPress e das suas informações.
  • TinyMCE Advanced: inclui várias ferramentas novas para o seu editor de texto.

Com certeza eu deixei vários bons plugins de fora, mas acredito que essa seja uma lista suficiente para você passar horas brincando no seu WordPress. Um artigo será dedicado especialmente para iniciantes que desejam se tornar desenvolvedores WordPress em breve. Falaremos sobre as possibilidades de ganhos, como ser um especialista em plugins, temas e como entrar nesse mercado.

Se você tiver alguma dúvida ou quiser sugerir algum tema para falarmos sobre plugins, deixe um comentário!

BLING
Daniel Leal

Daniel Leal

Eu já passei dos meus 25 anos e boa parte desse tempo eu estive online. WordPress, Plataformas e códigos são uma paixão grande, mas marketing, conteúdo e empreendedorismo falam mais alto. Eu vivo nesse conflito e escrevo sobre ele!

Add comment

Digital Ocean

Send this to a friend